LisbonLisboaPortugal.com

O melhor guia independente para Lisboa

LisbonLisboaPortugal.com

O melhor guia independente para Lisboa

Lisboa; Dez principais pontos turísticos, atrações, atividades e coisas legais para fazer

Lisboa é uma cidade vibrante e carismática, e uma das melhores capitais da Europa. A cidade possui um clima glorioso, vida noturna animada, monumentos históricos e uma variedade de atividades que irão entreter os visitantes de todas as idades e disposições.

Há muito para ver e fazer em Lisboa, por isso sugerimos que programe pelo menos três dias para explorar a cidade; enquanto um feriado de uma semana permitirá que você descubra as cidades fascinantes e gloriosas praias da região.

Este artigo irá detalhar nossos 10 principais pontos turísticos e atividades, que você não pode perder durante a sua viagem a Lisboa.
Artigos relacionados: Introdução a Lisboa - 3 dias em Lisboa

As melhores atrações e atividades de Lisboa

O mapa interativo abaixo mostra a localização dessas atrações e atividades; as marcas azuis são os 10 principais pontos turísticos e as marcas amarelas são as 10 principais atividades.

Este artigo não considera as viagens de um dia a partir de Lisboa, como a Sintra, Cascais, Óbidos, Setúbal e Mafra, para um guia completo das viagens de um dia a Lisboa, consulte este artigo.

A seção a seguir detalha por que cada um dos monumentos ou atividades foi incluído em nossa lista e fornece links para guias mais detalhados.

Vista no 1 - O Castelo de São Jorge

O Castelo de São Jorge ergue-se majestosamente sobre o centro de Lisboa e estava entrelaçado ao início da história de Portugal. Foi aqui que os cruzados cristãos derrotaram os mouros em 1147, os portugueses sobreviveram ao cerco de Castela (1373) e foi sede do poder de Portugal durante mais de 400 anos.

Esta rica e extensa história é encontrada dentro do castelo, desde as formidáveis fortificações até os jardins tranquilos dos aposentos reais. Para os visitantes, há muito que experimentar estando no castelo, as torres e ameias da cidadela podem ser exploradas, há vistas incríveis pela cidade, juntamente com um museu informativo.

Percepção: O castelo fica no coração do distrito de Alfama, uma das áreas mais características de Lisboa, e é onde recomendamos que você comece seu passeio por Lisboa.
Informação turística: Entrada 10 € - visita típica de 1 hora.

Experiência no 1 - Passeio no bonde número 28

O bonde número 28 é o bonde amarelo pitoresco que chacoalha e grita pelas ruas estreitas de Lisboa. Em qualquer outra cidade, os bondes dos anos 30 seriam uma exposição em um museu, mas em Lisboa eles são parte integrante da rede de transporte público.

Não só os elétricos são extremamente charmosos, mas o percurso 28 passa por muitos dos bairros históricos de Lisboa, incluindo Graça, Alfama, Baixa, Chiado e São Bento, e é tão bom como qualquer passeio organizado.
Nosso conselho: Pegue o bonde no início do dia para evitar ficar em pé durante todo o trajeto.
Artigos relacionados: Bonde número 28

O bonde número 28 lisboa

O bonde número 28 ao passar pela Praça do Comércio

Vista no 2 - A Torre de Belém

A Torre de Belém é o ícone turístico de Lisboa e um belo exemplo da arquitetura manuelina. Há torres de vigia de inspiração árabe, ameias ricamente esculpidas e até a mais antiga estátua de pedra de um rinoceronte. A pequena fortaleza data do século XVI, e quando construída situava-se a meio do Estuário do Tejo, protegendo os estaleiros de Belém e de Restelo.

Percepção: A Torre de Belém fica no distrito de Belém, e esta área é uma das preferidas dos turistas. Existem parques cênicos, vistas sobre o estuário do Tejo e este é o local de muitos dos mais importantes monumentos históricos de Lisboa.
Conselho ao turista: Entrada 6 €

Experiência no 2 - Comer um Pastel de Belém

Os portugueses são conhecidos pelo seu amor por pastéis e bolos doces, e nenhuma sobremesa é mais famosa (ou deliciosa!) do que o pastel de Belém.

O Pastel de Nata original (chamado de Pastel de Belém) foi criado pela padaria Fábrica Pastéis de Belém há mais de 150 anos e hoje esta padaria pode produzir até 40.000 tartes por dia. A receita exata do Pastel de Belém é um segredo bem guardado, e todas as outras imitações (igualmente saborosas) são referidas como Pastel de Nata.
Percepção: Junto à padaria Fábrica Pastéis de Belém existe um amplo café, que é o melhor cenário para provar um Pastel de Belém.

Vista no 3 - O Elevador de Santa Justa
Elevador de Santa Justa

O elevador sobe sete pisos e sobe uma das colinas mais íngremes de Lisboa

O Elevador de Santa Justa é um elevador da era industrial, que transporta os passageiros até uma das colinas mais íngremes do centro de Lisboa. O elevador foi construído em uma época em que detalhes artísticos e reflexos foram incorporados às máquinas magníficas que impulsionaram a época.

Dentro da estrutura de ferro estão arcos góticos e padrões geométricos, enquanto as cabines são revestidas com madeira polida e controle por mostradores de latão. O Elevador de Santa Justa é uma atração verdadeiramente única em Lisboa e dispensa a subida a uma das mais íngremes colinas da cidade.
Percepção: O terraço no topo do elevador oferece uma vista maravilhosa do centro de Lisboa e é um local muito romântico à noite.
Informação turística: 5,30 € ida e volta (incluindo mirante) - 1,50 € entrada da plataforma de observação

Experiência no 3 - A vida noturna do Bairro Alto e Cais do Sodré

Lisboa tem uma vida noturna agitada, social, diversificada e acolhedora. Existem duas áreas principais de vida noturna em Lisboa; Bairro Alto e Cais do Sodré.

As noites tendem a começar no Bairro Alto, um labirinto de bares da moda, cafés artesanais e tradicionais estabelecimentos de música ao vivo, onde se ouve o som do Fado à vontade. Nos fins de semana, as festas noturnas se espalham pelas ruas ao redor, de modo que todo o bairro parece uma grande festa.

À medida que a noite avança (cerca de 2h da manhã), toda a gente desce até ao bairro do Cais do Sodré, com as suas discotecas noturnas e ambiente agitado, que continua até ao nascer do sol. O coração da vida noturna hedonística do Cais do Sodré gira em torno da distinta “Pink Street”

Vista no 4 - A estátua do Cristo Rei

A estátua do Cristo Rei acima da margem sul do Estuário do Tejo e é um dos monumentos mais proeminentes de Lisboa. Esta estátua tem muitas semelhanças com a estátua do Cristo Redentor no Rio de Janeiro, e isso é verdade porque o monumento brasileiro inspirou a estátua portuguesa.

Além de ser um marco para se distrair, a estátua do Cristo Rei proporciona um dos melhores mirantes de Lisboa, com vistas incomparáveis sobre a ponte suspensa e a cidade.
Dica interna: A estátua pode ser facilmente e a baixo custo, visitada por transporte público; há uma balsa do Cais do Sodré para Cacilhas e depois de ônibus de Cacilhas para a estátua de Cristo Rei. O passeio de balsa é uma atividade divertida.
Informação turística: Ferry de Cacilhas 1,30 € individual, ônibus 101 1,45 €, Elevador Boca do Vento grátis, Mirante Cristo Rei 6,00 €

Experiência no 4 - O Oceanário de Lisboa
Oceanário de Lisboa

Admirando o tanque central do Oceanário de Lisboa

O Oceanário de Lisboa é um dos maiores aquários da Europa, especializado em vida oceânica. Existem quatro tanques gigantes representando os quatro oceanos do mundo, enquanto o tanque central colossal contém uma variedade de espécies; de tubarões a raias e peixes cardumes.

O aspecto único dos quatro tanques oceânicos é que eles podem ser vistos de cima e abaixo do nível da água, e isso integra inteligentemente pinguins e lontras marinhas com peixes oceânicos que habitam as profundezas. O Oceanário de Lisboa vai fascinar adultos e crianças, e é a melhor atividade familiar em Lisboa.
Percepção: O Oceanário de Lisboa está situado no Parque das Nações, o lado ultramoderno da Lisboa histórica. É um bairro interessante para se visitar e pode ser visto em meio dia de passeio.
Informação turística: Entrada 16 € - visita típica 1h30 Viagem: metro; linha vermelha, estação de metrô Oriente
Site oficial: https://www.oceanario.pt

Ponto turístico no 5 Palácio Nacional da Ajuda

O Palácio Nacional da Ajuda foi a residência real da nobreza portuguesa durante o século XIX. Este palácio foi maravilhosamente restaurado para que houvesse 35 cabines luxuosas para visitar, incluindo o exuberante salão de banquetes e a grande sala do trono.
De todos os atrativos turísticos detalhados neste artigo, o Palácio da Ajuda é o que mais provavelmente será esquecido e perdido pelos turistas. Isso é uma pena, pois o palácio é deslumbrante.
Detalhes turísticos: 5 € Entrada - Viagem: ônibus 630 ou E18 (originalmente era um serviço de bonde) - Visita típica: 45 minutos
Site oficial: http://www.palacioajuda.gov.pt/

Experiência no 5 - Relaxar na praia de Carcavelos

É uma surpresa para muitos visitantes que são novos em Lisboa, que existam praias tão bonitas perto da cidade. A melhor praia, facilmente acessível a partir de Lisboa, é a Praia de Carcavelos e possui areias douradas, águas límpidas do mar e excelentes atrações turísticas.

A oeste de Lisboa está a encantadora cidade turística de Cascais, enquanto a sul de Lisboa está a Costa da Caparica, uma costa de 15 km de praias imaculadas e ondas poderosas para surfe.
Artigos relacionados: Guia de praia de Lisboa

Ponto turístico no 6 - Mosteiro dos Jerônimos

O Mosteiro dos Jerônimos é o magnífico mosteiro, que foi financiado pelo comércio de especiarias do século XVI.

Originalmente, os planos para o mosteiro eram modestos, mas com um orçamento quase ilimitado e 50 anos de construção, o resultado final é a construção religiosa mais extravagante de Portugal. Dentro dos claustros de dois níveis, entalhes de pedra intrincados enfeitam cada superfície, enquanto o portal ocidental exemplifica os estilos e esculturas manuelinas caprichosas.

Dica de especialista: pode haver filas muito longas para entrar no mosteiro, mas a igreja adjacente é tão decorativa quanto o mosteiro e não tem filas ou taxas de entrada.
Informação turística: Claustro 10 € - Igreja Grátis

Experiência no 6 - Museu Calouste Gulbenkian
Ponto turístico no7 - Praça do Comércio

A Praça do Comércio é a praça mais magnífica de Lisboa, tendo sido historicamente o centro comercial da cidade. Na praça, os mercadores negociavam itens exóticos e especiarias, e os exploradores buscavam financiamento para viagens à África, Índia ou Brasil.

Hoje a Praça do Comércio é igualmente animada, mas é o foco do turismo e da cultura. Residindo nos distintos edifícios amarelos estão hotéis boutique e restaurantes sofisticados, e há sempre uma ótima atmosfera (de férias) na praça.
Não perder: O Arco da Rua Augusta é o arco triunfante, que liga a Praça do Comércio ao centro de Lisboa, e no topo do monumento encontra-se um maravilhoso miradouro panorâmico.

Experiência no 7 O mercado Feira da Ladra

A Feira da Ladra é a feira de antiguidades e curiosidades, que se realiza no distrito de Alfama, duas vezes por semana. Este mercado histórico é agradável de percorrer, pois há uma grande variedade de barracas que vendem itens colecionáveis, antiguidades menores e outros itens de segunda mão aleatórios.

Vista no 8 - O Padrão dos Descobrimentos

O Padrão dos Descobrimentos é uma homenagem aos exploradores portugueses dos séculos XV e XVI. Este ousado e poderoso monumento fica nas margens do Estuário do Tejo, e foi de onde muitas dessas viagens para a Índia e o Brasil partiram.

Ao longo dos dois lados do Padrão dos Descobrimentos estão representações realistas dos exploradores e das pessoas proeminentes da época, que financiaram ou apoiaram as viagens. No topo do monumento está um terraço panorâmico, que oferece vistas deslumbrantes do bairro de Belém.
Informação turística: Entrada 6 € - visita típica 30min

Experiência no 8 - a LxFactory

Lisboa tem uma cena criativa e artesanal vibrante, e o ponto focal para isso é a LxFactory. Este é um desenvolvimento super-moderno de uma fábrica abandonada, que promove artistas e nichos de negócios independentes, mas também atrai uma clientela que pode pagar os preços personalizados.

Dentro do complexo LxFactory estão barracas exclusivas, lojas especializadas e restaurantes descolados, juntamente com um centro de tecnologia criativa dinâmica. Se está a procura de algo muito diferente das atracções turísticas clássicas ou o que viver na Lisboa moderna e vanguardista, então a fábrica Lx é o lugar para isso.
Informações turísticas: Viagem bonde E15 (parada Santo Amaro)

Ponto turístico 9 - Igreja de São Roque

O exterior pálido da Igreja de São Roque esconde um dos interiores mais exuberantes e extravagantes de qualquer igreja portuguesa. Dentro da antiga igreja jesuíta, há uma riqueza imensurável de folhas de ouro e esculturas em madeira fina nas oito capelas extravagantes. A Capela de São João Batista, que foi encomendada em 1740, é geralmente considerada a capela mais cara já construída na Europa.
A nossa opinião: O Mosteiro dos Jerônimos tem as melhores gravuras em pedra, enquanto a Igreja de São Roque tem o interior mais decorativo.
Informação turística: entrada gratuita

Experiência no 9 - Uma performance de Fado

O Fado é um estilo de música envolvente e emocional, que é cantado por uma cantora solitária e acompanhado por uma guitarra clássica. Esta é uma música triste e poderosa, nascida das profundas emoções das esposas de marinheiros, quando seus maridos ou filhos se perdiam no mar. O Fado captura esta essência de falta, saudade e destino, e é vivido de forma ideal em uma pequena e intima casa de música ao vivo.

Vista no 10 - A ponte suspensa 25 de Abril

A ponte suspensa 25 de Abril atravessa o estuário do Tejo no seu ponto mais estreito e liga Lisboa na margem norte com os distritos de subúrbio de Almada ao sul.

A ponte lembra muito a ponte Golden Gate em São Francisco, uma semelhança que vem do fato de que esta ponte foi construída pela mesma empresa. O nome da ponte comemora a revolução de Portugal desde o regime de Salazar em 25 de Abril de 1974.

Experiência No 10 - Um cruzeiro no rio ou passeio de balsa

Lisboa é uma cidade que está intimamente ligada aos oceanos e ao mar, e não há melhor forma de ver a cidade do que pela água.

Existem inúmeros passeios de barco turístico, mas uma alternativa muito mais barata é cruzar o Estuário do Tejo em uma das balsas de transporte regional. Essas rotas de balsa oferecem partidas frequentes e tarifas econômicas. O percurso mais frequentado é do Cais do Sodré a Cacilhas, sendo esta a primeira etapa para seguir até à estátua do Cristo Rei. Outra rota panorâmica é do terminal de balsas de Belém para Porto Brandão e Trafaria.

Lisboa Portugal

pt - en es it de fr

LisbonLisboaPortugal.com

Lisboa portugal Página Inicial
Quando visitar Lisboa
Onde ficar em Lisboa
Custos para Férias Lisboa
uma Semana em Lisboa
Três Dias lisboa
Lisboa Hotels
Excursões Lisboa
Praias de Lisboa
Museus de Lisboa
Lisboa portugal Página Inicial
Quando visitar Lisboa
Onde ficar em Lisboa
Custos para Férias Lisboa
uma Semana em Lisboa
Três Dias lisboa
Lisboa Hotels
Excursões Lisboa
Praias de Lisboa
Museus de Lisboa
Lisboa portugal Página Inicial
Quando visitar Lisboa
Onde ficar em Lisboa
Custos para Férias Lisboa
uma Semana em Lisboa
Três Dias lisboa
Lisboa Hotels
Excursões Lisboa
Praias de Lisboa
Museus de Lisboa